Concretagem: Como escolher concreto usinado para laje

A escolha do concreto usinado para a sua laje 

A escolha deve sempre seguir os mesmos critérios dos outros elementos estruturais de sua obra.

De suma importância, a fase de concretagem de uma obra é fator determinante para se ter um resultado final satisfatório. É necessário realizar uma concretagem correta para não haver fissuras ou trincas e para que a obra mantenha sempre os requisitos de vida útil pré determinados. Porém antes mesmo de começar a concretagem das lajes (que compõem elementos estruturais) é preciso estar previsto desde a elaboração do projeto, qual o tipo de concreto que deve ser utilizado..

A NBR 6118 – Estruturas de Concreto Armado – Procedimento, fornece uma boa base para a execução da concretagem de lajes ou em modo geral, essa norma é responsável por especificar as principais características, como por exemplo, a relação de água/cimento que deve ser sempre menor ou igual a 06, e também a resistência à compressão do concreto (Fck), isso serve de base para projetistas e responsáveis pela obra para que o concreto usinado de sua laje seja resistente e duradouro, além de garantir a segurança após a finalização do projeto.

Quais parâmetros devem ser definidos no projeto?

 

  • A resistência do concreto (fck): é a resistência que se deseja obter para o concreto sob compressão, normalmente 28 dias após a concretagem.
  • O módulo de Elasticidade: é uma medida relacionada ao fck e a partir da qual deve-se estimar/calcular a deformação de uma estrutura.
  • A relação água/cimento: está diretamente ligada à porosidade e a permeabilidade do concreto. Onde quanto mais baixa for essa essa relação, maior será a compacidade do concreto e também a durabilidade dessa estrutura. 

Quais os parâmetros que devem ser definidos na obra?

 

  • – O “Slump”:que é o abatimento do concreto usinado no ensaio de tronco de cone.
  • – O tamanho do agregado graúdo (brita 0, 1, 2, …): os agregado(s) graúdo(s) que devem ser utilizados na fabricação do concreto, em outras palavras o tamanho de brita que deverá ser utilizado, dependendo das especificações obtidas desde o projeto.

Esses parâmetros devem ser definidos sempre à partir de características específicas da concretagem, como bombeamento e densidade da armadura, entre outros fatores.

A partir desses parâmetros (e também de alguma possível solicitação adicional feita pelo cliente) a empresa de concretagem vai definir o traço que atenda melhor a todos esses requisitos apresentados.

Relação de resistência x elasticidade

Geralmente, em lajes, a resistência do concreto não deve ser uma característica limitante, já que os esforços desenvolvidos serão relativamente baixos se comparados com as vigas e os pilares. Entretanto, as lajes são notoriamente os elementos mais deformáveis de uma estrutura, e conforme exposto acima, o módulo de elasticidade (que define a grandeza das deformações) está diretamente ligado a resistência do concreto. Também é importante enfatizar que as estruturas de lajes são regularmente responsáveis por cerca de 50% do consumo de concreto de uma obra. Dessa forma, um estudo de otimização da melhor relação de resistência do concreto x a espessura das lajes, torna-se essencial para que se possa obter os resultados adequados (em relação a resistência e deformações dentro dos parâmetros de Norma e compatíveis com os demais elementos construtivos visando menor custo final).

O projetista estrutural deverá ser  o profissional que possui as ferramentas adequadas para realizar esses tipos de avaliações, que também envolvem resistência do concreto, deformações da estrutura e custos gerais.

Cuidados que se deve ter na execução

As principais preocupações na concretagem de lajes devem ser::

A planicidade: uma superfície nivelada deverá reduzir a espessura dos contrapisos e minimizará todo o acúmulo de água sobre esta laje durante sua execução. Os cuidados necessários para se obter uma superfície plana se iniciam na execução das fôrmas (a qualidade do compensado, os cuidados no escoramento e a conferência do nivelamento) e se consolidam na execução das guias de nivelamento e na execução do mesmo através de réguas.

Cura: a laje é geralmente o elemento estrutural com maior superfície exposta ao ar, após a concretagem. Então, torna-se essencial a execução e manutenção da cura, para que se possa minimizar a perda de água de composição do concreto por conta da evaporação.

Esse tipo de procedimento deverá minimizar fissuras por retração do concreto, evitando assim a percolação de água pelas mesmas e aumentando consideravelmente a durabilidade da estrutura.

Ainda de  acordo com a norma ABNT NBR 6118, com o objetivo de garantir a qualidade da execução de uma obra, com base em um determinado projeto, algumas medidas preventivas devem ser tomadas desde o início dos trabalhos. Essas medidas devem sempre englobar a discussão e aprovação de todas as decisões tomadas, a distribuição dessas e outras informações por todos os elementos pertinentes da equipe multidisciplinar e também a programação coerente das atividades, respeitando sempre as regras lógicas de precedência.

 

Procedimentos para determinar o concreto usinado para laje

Além de estabelecer o cobrimento mínimo das armaduras para o concreto usinado, é preciso também seguir as especificações da tabela de classe de agressividade ambiental que faz parte da norma já citada anteriormente. Essa tabela nos aponta quais os níveis de agressividade ambiental e deterioração que uma estrutura de concreto vai ficar exposta de acordo com a sua localização. Essa tabela serve para demonstrar que é diferente, por exemplo, a agressividade ambiental em uma cidade litorânea ou em uma região urbana, devido a características externas como o clima, o ar, a pressão atmosférica e qualquer outro fator determinante..

Entender sobre esses níveis de deterioração onde as estruturas estarão expostas deve ser o primeiro passo para definir a resistência do concreto usinado e até mesmo compreender se será necessário o uso de aditivos em sua composição. Como em estruturas expostas a ambientes marinhos, por exemplo, que podem sofrer com as interferências de elementos como o sulfato e o cloreto(maresia), e por isso, o concreto para uma laje que será no litoral precisa ter resistência superior ao convencional, justamente para proteger as armaduras das deteriorações ambientais.

Três controles importantes devem ser realizados para verificar se o concreto usinado que chega à sua obra é o mesmo que foi solicitado, apresentando rigorosamente as mesmas especificações contidas no projeto, são eles o controle tecnológico, o controle estatístico e o controle de traço. Onde são feitos ensaios amostrais com todos os caminhões que chegam à obra para verificar se a resistência está realmente de acordo com a especificação do projeto. Normalmente na semana seguinte chegam também os relatórios de resistência.

Tenha o melhor concreto usinado em sua obra

 

A Concreserv possui diversas usinas espalhadas pelo país, prontas para atender a todas as especificações de sua obra, Concreto usinado resistente e proveniente de fiscalização de critérios em todas as etapas de sua produção. Por isso seja para uma obra pequena ou gigantesca, conte com o concreto usinado para lajes da Concreserv.

Entre em contato com a nossa equipe comercial e saiba que o melhor concreto usinado do país está ao seu alcance também!

Peça o seu orçamento

Orçamento
Enviando

Por que o concreto da Concreserv?

  • "Uma das maiores do Brasil no fornecimento de concreto para grandes obras"
  • "Centrais de concreto 100% automatizadas"
  • "Os melhores equipamentos disponíveis no mercado"
  • "Laboratórios próprios"
  • "Rastreamento da carga em tempo real"
Concreto Usinado Concreserv

Seu protocolo de atendimento: